Ganhe DINHEIRO trabalhando em casa!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Oficial: marca 'iphone' fica com a Gradiente

Não está claro se a brasileira tentará interromper os negócios da Apple

Reprodução
Gradiente vs Apple
Saiu hoje a decisão do Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) acerca da marca "iphone", e o órgão negou o pedido da Apple, que queria ficar com o nome no Brasil. Por aqui, iphone é Gradiente, dona da marca desde 2008.

A Diretoria de Marcas do Instituto já tinha sua posição há dias, mas a publicação foi postergada "por questões operacionais".



A Gradiente não comenta a decisão oficialmente, mas diz que segue disposta a negociar o direito de uso da marca com a Apple. No entanto, segundo a brasileira, o contato da empresa americana ainda não aconteceu.

O Inpi não tem poder para interromper as vendas do iPhone da Apple. Cabe à Gradiente acionar a Justiça se quiser ter apenas o seu Iphone no mercado.

'Já vi este filme'Esta não é a primeira vez que a Apple enfrenta problemas do gênero. Ao menos em duas oportunidades, a companhia teve de pagar pelo direito de lançar seus produtos em outros mercados.

Em 2007, ano em que revelou o iPhone, a Cisco detinha a marca nos Estados Unidos. Ambas firmaram acordo para usar conjuntamente o nome e estabeleceram os respectivos direitos de propriedade de marca. Os valores da negociação não foram revelados.

A mesma cordialidade, entretanto, não aconteceu na China. No ano passado, a Apple teve de pagar US$ 60 milhões à empresa Promoview pelo direito de lançar o iPad no mercado local. A companhia taiwanesa detinha a marca no país desde 2010 e só concordou em ceder após um árduo processo judicial de dois anos.

Há ainda um terceiro caso, no México, em que a Apple optou por ir à Justiça. Proibida pelo órgão regulador local de usar o nome iPhone, devido à semelhança com a marca 'iFone', a empresa desconsiderou a recomendação e pôs nas lojas a quinta geração de seu telefone no final do ano passado. A disputa naquele mercado ainda segue em aberto.

Fonte: Olhar Digital